Doces brasileiros de confeitaria

Atualizado: Fev 4

Hoje nós vamos falar dos principais doces brasileiros de confeitaria, a história e seus ingredientes.

Quando se trata de sobremesas e doces, o Brasil marca entre 10 e 0 em todos os outros países.

Só aqui você encontra rolinho fofo, bolo cremoso de mandioca e sagu com aquele gosto de infância.

Esses doces, além de deliciosos, também contam um pouco sobre as tradições, migrações, cultura e história do Brasil.

Curiosidades de doces brasileiros de confeitaria

Sabia, por exemplo, que a doce baba de menina é de origem portuguesa e era a iguaria preferida da Princesa Isabel?

Ou que a rapadura foi inventada para facilitar o transporte do melaço de cana para Portugal? E tudo isso é apenas a ponta do iceberg.

O amor de Pernambuco: Bolo de rolo

O legado de Pernambuco não é um rocambole apenas: é um bolo cuidadosamente trabalhado em camadas leves, com muito sabor.

E sua história é antiga, do Brasil Colônia.

O bolo de rolo é uma variação do colchão de noiva, um pão-de-ló português recheado com amêndoas.

Devido à falta de castanhas no Nordeste, os portugueses adaptaram a receita com recheio de goiaba.

Abundante na Zona da Mata, adoçado com açúcar de usinas regionais.

A massa também começou a ser enrolada em camadas mais finas, além de um rolo. E o bolo tem esse nome porque parece um pãozinho.

E ainda pela lei 13.436 de 2008, o Bolo de rolo foi declarado patrimônio imaterial de Pernambuco.

A Cocada da Bahia

Cocada é boa em todos os sentidos, seja firme ou cremosa, branca, marrom ou preta. Sua origem também reflete um triste capítulo da história do Brasil.

Os historiadores acreditam que os escravos negros angolanos produziam esses doces para proprietários de escravos.

Eles criaram o doce a partir dos ingredientes baianos mais abundantes na época: açúcar e coco.

Todos nós amamos os doces brasileiros, porém a cocada é especial.

Cuca de banana, do Rio Grande do Sul

Um bolo feito de farinha, ovos, manteiga, açúcar e banana é muito popular no sul do Brasil.

A receita foi trazida por imigrantes alemães e lembra o Kuchen, um bolo alemão.

Inclusive, nós já fizemos essa receita e você pode clicar aqui para conhecer.

Docinho de Minas, Ambrosia

Muito presente em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, também conhecido como o doce manjar ou manjar dos deuses.

O doce é preparado a partir de leite, ovos e açúcar.

Ela é de origem portuguesa. Durante os séculos XVIII e XIX, Portugal foi um dos maiores produtores de ovos da Europa.

O que explica em parte porque tantos doces do país são feitos de ovos.

Com abundância de açúcar, a ambrosia brasileira é muito doce e é um exemplo da abundância econômica histórica das usinas de açúcar do Brasil.

Rapadura do Sudeste

A rapadura é muito conhecida no Sudeste, mas ninguém sabe ao certo de onde ela se originou. Sua origem, porém, é interessante e histórica.

Nós ensinamos tudo sobre docinhos modelados, quer saber de tudo? Clique aqui!

A cana-de-açúcar era um dos maiores produtos nacionais desde a Colônia, e a rapadura foi inventada para facilitar seu transporte:

Os portugueses optaram por transformar o melaço em tijolos para facilitar seu transporte e manutenção.

Doces brasileiros: Bolo de arroz

Uma verdadeira iguaria que leva arroz, mandioca. Açúcar, manteiga, coco e erva-doce.

São tão populares em Cuiabá que em 2017 foram considerados um prato típico do estado de Mato Grosso.

A doce brasileiro surgiu da abundância das plantações de arroz da região e ainda faz parte do dia a dia da população local.

Doces brasileiros: Sagu

Muito popular no sul, mas bem sucedido em outras regiões do Brasil, o sagu é uma deliciosa mistura de receitas.

Por curiosidade de imigrantes alemães e italianos e ingredientes regionais: vinho e mandioca. A sobremesa vem da Serra Gaúcha. 

O processo de transformação da mandioca em bolas foi desenvolvido pelos descendentes alemães de Lorenzi no início do século XX.

Doce de cupuaçu do Norte

O cupuaçu é fruto de uma árvore nativa da Amazônia, parente do cacau que é outro nativo da nossa terra brasileira. 

Clique e conheça o nosso Instagram onde compartilhamos dicas exclusivas!

A fruta é típica da região Norte do Brasil, amplamente encontrada nos estados do Amapá, Pará e Amazonas. 

É usado pelos nativos da Amazônia em doces, sorvetes e até em pratos agridoces.

Então? Gostou do nosso artigo completo sobre doces brasileiros de confeitaria?








1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Redes Sociais

  • RSS ícone social
  • Instagram

Links importantes

Tags mais pesquisadas

© 2021 por Confeitearte | by Rafael Batista